O Futuro da Educação: Reynaldo Gama lança reflexões inspiradoras na última masterclass da manhã desta sexta-feira, no Summit Connect

Na segunda palestra da manhã desta sexta-feira (23),último dia do Summit Connect Week, o CEO da HSM e da SingularityU Brazil, Reynaldo Gama, trouxe uma visão inspiradora sobre o futuro da educação. Com vasta experiência no setor, Reynaldo trouxe para o palco toda sua expertise em administração de empresas, com formação pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, Certificado em Administração de Negócios (CBA) pelo Insper, MBA internacional executivo pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Diante de uma plateia composta por C-Levels, ele compartilhou insights valiosos sobre como a educação está se transformando e como as organizações podem se preparar para os desafios do futuro.

De acordo com o executivo, o futuro da educação está chegando rapidamente, trazendo consigo avanços e evoluções significativas. Embora às vezes as notícias de regulamentações e proibições do uso de tecnologias assustem a população, é importante adotar uma visão otimista desse panorama. “Nós na HSM, por exemplo, temos um olhar promissor para o futuro da educação”, afirmou.

Para ele, diante desse avanço iminente, surge a necessidade de os educadores estarem preparados para essas mudanças. “As organizações precisam desenvolver competências para se adaptarem a esse novo mundo que está sendo criado. Como podemos nos manter criativos em um ambiente onde tudo parece vir pronto através de ferramentas tecnológicas?”, questionou.

Gama apresentou também alguns pilares para uma educação à prova de futuro. Entre eles está a adaptação. “Novas habilidades serão exigidas para navegarmos nesse ambiente em constante evolução, e uma coisa é certa: as pessoas terão que se tornar aprendizes adaptáveis ao longo da vida. A capacidade de aprender, também conhecida como “learnability”, é uma das principais habilidades exigidas pelo mundo atual”, comentou.

Para finalizar, o executivo falou sobre como é imprescindível compreender as tecnologias e saber como utilizá-las. “Não há como lutar contra esse avanço. Em tempos de inteligência artificial, é fundamental explorar o ensino e a aprendizagem. Conceitos como aprendizado personalizado, micro aprendizagem em tempo real e inspiração na experiência do usuário ganham destaque nesse cenário”, completou.

Texto: Básica Comunicações

Foto: Brunno Covello